sábado, 17 de setembro de 2011

O vermelho de meu choro destaca o verde de meus olhos.

Eu ainda não acredito, que eu quase pude fazer isso. Se estivesse em seu lugar, nunca me perdoaria. Eu sou uma pessoa tão ruim, que não penso nos outros e piso em quem acho conveniente. ME DESCULPA. Eu já disse que eu te amo? Eu não tô me importando o suficiente, né? Droga, eu sinto muito. Não há maneiras de expressar a dor que eu tô sentindo agora, se você pudesse ver, se você estivesse aqui, veria a agonia em meus olhos.
Eu realmente espero que amanhã você não lembre disso, que me perdoe e que continue do meu lado como tem sido desde que você chegou. Você me ajudou tanto, sem nem saber disso… e eu estou caindo em um precipício inimaginável.
A fraca sou eu, é quem não quer ser amada, sou a burra, a estúpida. Me regenero a cada erro, é de erros que vivo.
Eu sinto muito por ter te magoado, eu sinto muito, muito, muito.
Eu não queria ser eu agora, pra lidar comigo mesma, gritando coisas absurdas sobre o que aconteceu, mandando-me para pensamentos absortos.
Eu realmente sinto muito.


My heart is just too dark to care
I can't destroy what isn't there

Abominável, insolúvel, desgraçada, inoportuna, revirável, Julia Siqueira!

terça-feira, 13 de setembro de 2011

* Post reservado para a futura votação de melhor capa. *

Porque é óbvio, que eu mesma vou fazer a capa do meu futuro livro. Quem não sabia disso? Ah tá.

domingo, 11 de setembro de 2011

Pois não seria eu.

Eu não quero parecer indelicada, mas acho que te estraguei ao dizer que queria fazer parte da sua vida vazia. Você era uma pessoa melhor quando pensava ser quem não era. Ao ver quem você se tornou, me pareço triste, pois parte disso é culpa minha. Mas não se sinta aliviado pela metade, estou falando da terça parte, o resto, é tudo seu. Lide com isso do jeito que mais achar conveniente. Seu coração parecia bater em seu peito quando você fingia remoer cicatrizes que nunca existiram, agora ele está por aí, caído em algum lugar que nem mesmo você sabe aonde fica.
Sei que voce não se importa nem um pouco com quantas pessoas saíram magoadas dessa história, mas eu não vou deixar você esquecer, você sabe.
Sim, eu me sinto idiota. Por voltar aqui e escrever isso milhares de vezes sabendo que não adianta nada. O que eu falo nunca fez você pensar em entender, nunca faz você mudar. Agora, então, não vai fazer nem você ler até o fim.
Ainda não entendo porque minhas palavras se viram até teu encontro e te levam a mão na cara, se você não as sente mais. Não entendo o porque de meus títulos sem sentidos terem todo o sentido possível pra mim. Não sei porque tudo isso não está mais em lugar nenhum dentro de mim mas eu aindo o sinto ao avesso. O que era amor agora é uma grande agonia que me impede de ser quem sou. O que tu estragou ninguém mais consegue concertar. Acho que não seria eu, se fosse fácil assim.

            Julia S!

leave me in your poison

Com a palavra humor não se deve mecher.

Feliz aniversário, pestinha.
Fico aqui me perguntando, se você um dia vai me perdoar por ter escondido isso e por fazer você procurar até encontrar. Não quero te fazer mal, só quero que você saiba correr atrás de seus objetivos. Mas por favor, que tenhas cautela. Seu avô aqui passou a vida inteira sendo pretencioso e a única coisa que ganhou foi uma tremenda dor nas costas.
Não te iludas gatinha, a maioria das pessoas não dão a mínima para o que você está sentindo.
Me pergunto também, no quê você vai se tornar. Criativa, é óbvio. Mas se você vai continuar crescendo e se parecendo tanto comigo... isso não é algo bom, você é tão linda, tão cheia de vida, não se torne um velho chato feito eu. Sim, um velho. Melína, você já é velha desde nova, por isso acho que você vai se tornar uma nova desde velha, você é dessas de fazer tudo ao contrário, assim como eu também.
Quando eu te perguntei o que você queria de aniversário, você me respondeu: "Um anel do humor.", não uma Barbie, uma bicicleta ou um cachorrinho. Um anel do humor. Comprei teu anel, pestinha. Mas acho que ele é um pouco grande pra caber no teu dedo, então, não o perca e cresça pra poder usá-lo.
Feliz aniversário, eu amo você do jeitinho que você é.
- Christopher C.



Julia Siqueira

sábado, 3 de setembro de 2011

O maior questionário do mundo. (mentira, nem deve ser.)

(SE VOCÊ NÃO GOSTA DE LER BESTEIRAS, NÃO LEIA ISSO!!)
Não tava afim de postar dia por dia cada um no Tumblr, então, vou postar tudo aqui na mesma hora, haha.

Nome?
Julia Rodrigues Siqueira

Data de nascimento?
23/04/1995

Local de nascimento?
Rio de Janeiro

Residência?
Rio de Janeiro

Olhos?
Verdes

Cabelos?
Castanho

Altura?
Não tenho ideia.

Destro ou canhoto?
Destra

Signo ?
Touro

Sapatos que usou hoje?
Sandália de zíper.

Fraqueza?
Pensar demais nas coisas.

Medos?
De palhaços, elevadores e palhaços em elevadores.

Objetivo que gostaria de alcançar?
1- Em um dia ensolarado e lindo, estar na Bienal do livro, numa tarde de autógrafos, conversando com os leitores de meus livros.
2- Arrancar da minha alma, essa história que me devora e jogá-la ao mundo.

Frase que mais usa no MSN Messenger?
Oi

Melhor parte do corpo?
Minha uretra.

Pepsi ou Coca?
Coca

McDonalds ou Bob's?
McDonalds

Café ou capuccino?
Café

Fuma?
Não

Palavrão?
Oi?

Perfume?
Suor 33

Canta?
Canto.

Toma banho todo dia?
Não, só aos sábados.

Gostava da escola?
Ainda não gosto.

Quer se casar?
Depende, se for com alguém que eu goste, lógico. Mas sem as baboseiras de igreja, vestido de noiva, nanananana. As alianças até que é legal, mas padre... never.

Acredita em si mesmo?
Até quando eu minto, eu acredito em mim.

Tem fixação com saúde?
Nem um pouco.

Se dá bem com seus pais?
Sim

Gosta de tempestades?
Depende.

No último mês...

Bebeu álcool: nops
Fumou: nops
Usou drogas: nops
Foi ao shopping: sim
Comeu sushi: que nojo, não
Levou um fora: Não.
Fez biscoitos caseiros: arran... e depois aproveitei pra tacar fogo na casa.
Pintou o cabelo: não sei se foi nesse mês. :/
Roubou algo: Não. D:

Já tomou um porre?
Não foi bem um porre, mas já fiquei meio bêbada uma vez...

Já apanhou?
Fisicamente, não.

Já bateu?
Fisicamente, não.

Número de filhos?
14.

Como você quer morrer?
Salvando alguém. ~modes Beatriz~

Onde você fez faculdade?
Ainda não fiz.

Piercings?
Nops

Tatuagens?
Ainda não tenho, mas terei.

Cicatrizes no corpo?
Muitas. Várias no joelho, uma no queixo, uma na cabeça...

Do que você se arrepende de ter feito?
Um fake.

Qual sua cor favorita?
Qualquer cor.

Fale sobre um talento ou habilidade que você tem e que eu ainda não vi ou descobri.
Eu minto sem necessidade e sou escrota (esse último nem era novidade, eu sei.)

Qual sua disciplina favorita na escola?
A hora de comer.

Diga um lugar no qual você nunca esteve, mas que gostaria de visitar algum dia (aqui ou no exterior).
Meu coração.

Você é uma pessoa matutina ou noturna?
Noturna, sempre.

Os astronautas pousaram mesmo na Lua ou foi tudo armação?
Foi tudo armação. A verdade é que é tudo ilusão... A gente vive em cabines, confinados. Vivendo e respirando por uma sonda, apenas servindo de combustível para as naves espaciais do extra Terrestres. Tudo o que vivemos, e o que chamamos de vida, é só ilusão.

O que você tem no bolso? (Ou, se não há nada no momento, que tipo de coisas geralmente estão lá?)
Uma moeda de 1 real.

Em 10 anos, você se vê... (termine como quiser)
com 26 anos.

Falta energia e você não tem um gerador. Isso quer dizer nenhum eletrônico: computador, TV, vídeo, aparelho de som, etc. O que você faz para se manter aquecido, contente e entretido?
Extermino o mundo.

O que você jamais comeria (food)?
Meus amigos. hahahahaha, sério.

Quanto tempo de TV você assiste por dia?
não sei.

Fale sobre um filme ou programa de TV obscuro e diga por que deveríamos assisti-lo.
Barney. Ele é um dinossauro da nossa imaginação, roxo, muito gordo, que te come com tesão. ♪

Fale sobre uma banda ou talento musical obscuro e diga por que deveríamos ouvi-lo.
Restart, na verdade, todos eles são filhos do demo.

Se tivesse que escolher, você preferia estar com muito frio ou com muito calor?
Eu iria morrer de qualquer jeito. Sou a favor do fim em gelo.

Um dia haverá um evento em sua vida tão grande que lhe arrancará da obscuridade e fará seu nome conhecido em todo mundo. Especule sobre o que vai lhe trazer seus 15 minutos de fama.
Eu finalmente, vou criar coragem e escrever meu livro?

Qual seria a sua última refeição se você estivesse no corredor da morte?
Pão de queijo com coca-cola.

Qual sua lembrança mais antiga?
Quando eu colei chiclete no cabelo da menina e ela teve que cortar ele joãozinho. (até hoje, ninguém sabe quem foi...)

Se você tivesse direito a 3 desejos, qual seria o terceiro?
mais três desejos...

Qual seu vegetal favorito?
Minha prima.

O que você queria ser quando era criança?
Catadora de latinhas.

Qual o seu time, e por quê?
Não tenho

Onde você morou?
Na minha casa, e depois me mudei pra minha casa de novo.

Quando criança, quais eram o seu brinquedo, livro, programa de TV e personagem de desenho animado favorito?

Brinquedo: Uma boneca que eu nomeei Larissa, que porventura arranquei a cabeça anos mais tarde.
Livro: Chapéuzinho vermelho.
Programa de TV: Barney comedor de cérebros.
Personagem de desenho animado: Barney comedor de cérebros.

Se você pudesse entrar em um lugar onde não tivesse permissão e ninguém descobrisse, qual seria?
Prefiro não comentar...

Existe algum assunto do qual você sabe mais do que qualquer pessoa que você conheça pessoalmente?
Aham.

Você testemunhou contra a Máfia e tem que deixar o país. Aonde você iria para começar sua nova vida, e que carreira iria tentar?
Eu não testemunharia... eu faria parte da máfia.

De quais eventos olímpicos você gosta mais e menos?

Mais: Natação and UFC.
Menos: Futebol

Se você pudesse incluir ou criar um novo esporte olímpico, qual seria?
Arremesso de cabeças recém-arrancadas.

O que você está ouvindo neste momento?
Meu irmão chorando.

Qual foi a última coisa que você comeu?
Comida.

Primeira coisa que você nota no sexo oposto?
O cabelo e os olhos.

Bebida favorita?
Água

Bebida alcoólica favorita?
vinho

Você usa lentes de contato?
Não

Irmãs ou irmãos:
2 irmãos.

Mês favorito:
Abril

Comida favorita:
Lasanha, pão de queijo, macarrão, línguiça com batata, nhoque, pizza and etc.

Último filme a que assistiu no cinema:
ESQUECI O NOME

Você consegue tocar seu nariz com sua língua?
Não. E nem vou tentar.

Como é o seu wallpaper?
Agora tá uma foto minha e do Theus.

Sugira algo para ler, algo para assistir:

Leia: Meu blog
Assista: Minha vida (e depois entre na fila pra dar sua opinião.)

O que lhe irrita acima de tudo...
Quando me ignoram, quando chamam a minha atenção ou quando eu não tô afim de falar e todo mundo fica perguntando o que aconteceu.

Admita, você não é perfeito... O que você faz e que deixa as pessoas irritadas?
Não preciso admitir isso, eu não sou mesmo. Quando eu não ligo pro que elas falam.

Nasceu em que dia da semana?
Não sei

Internação em hospital?
Nenhuma

Religião?
Espírita Kardecista.