domingo, 15 de maio de 2011

Trying to fly, but is so difficult in a fairytale.

Nunca fui muito de acreditar em contos de fada. Eu nunca gostei de nenhuma história desse tipo, se você parar pra pensar, elas são iguais e no meio delas você já imagina o final, que é o mesmo sempre. E se houvesse um novo conto? Um do tipo: "Oi, eu não sou loira, não tenho olhos azuis. Sou uma pessoa normal. Não sou rica, não tenho um corpo perfeito e não sou uma santa, aliás eu sou má as vezes, mas eu sou boa também. Fui raptada, mas nenhum príncipe veio me salvar, eu não tive que beijar nenhum sapo, nem recebi beijo de nenhum príncipe que se apaixonou por mim sem ao menos me ver uma vez. Eu tive de arrumar um jeito. Por mim mesma, eu me salvei. E não foi tão difícil. A gente aprende a fazer isso sozinha, já que ninguém faz por você. Eu fiquei muito tempo esperando, mas ninguém veio, e eu não sou de receber ajuda, muito menos de pedir... Nunca senti nada assim, acho que ninguém nunca sentiu. Eu não me sentia sozinha, como eu sempre me senti. Eu me senti renovada. Eu me salvei, e continuei sendo livre, do jeito que eu nunca havia sido antes."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por reservar uns minutinhos para ler meu blog. Fico agradecida! =) E obrigada por comentar!!
Ass: Julia Siqueira