sábado, 21 de maio de 2011

Idiota.


Idiota, do jeito mais terrível possível. Não havia nada que o fizesse parar de falar. Idiota, como era bom ter você, mesmo sem poder te ver, sonhar que um dia a gente acordaria. Idiota, quanto tempo a gente passou e nunca sequer notou o que esteve sempre ali. Idiota, você sempre foi o primeiro, valeu a pena te fazer sorrir. Você não conseguiu ver, o que sempre esteve na tua frente, com você era diferente… Você me fazia sentir como se não houvesse nada entre nós, fazia de quilômentos, lençóis… “Nunca sinta falta do que passou.”, ” Nunca haja como se fosse a culpada.”, “Você é a mulher mais perigosa sem nem estar armada.” Idiota, como a gente se enganou, e assim o tempo passou, e você, ele me levou. Idiota, como a gente errou e não aproveitou, como a gente se iludiu, meu Deus, o que a gente preferiu…

I will always be here
to remember you of just
beautiful you are.

I will always thank you
for take my heart
And show him the true
Julia Siqueira!



Selo "Julia Sabe" de autenticidade. Vtnc!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por reservar uns minutinhos para ler meu blog. Fico agradecida! =) E obrigada por comentar!!
Ass: Julia Siqueira